[Resenha] Sonata em Punk Rock


 Título original: Sonata em punk rock
Autora: Babi Dewet
Editora: Gutenberg

                Valentina, ou melhor, Tim sempre soube o que queria para sua vida: viver de música. E por isso ela sempre correu atrás dos seus sonhos, primeiro aprendendo com os vídeos do YouTube a tocar violão sozinha e depois trabalhando desde cedo para ajudar a mãe em casa e juntar dinheiro e conseguir comprar  sua velha guitarra. Essa alma punk rock, levou a menina a sonhar alto e desejar muito mais para sua vida.


                O gosto de Tim pela música e o ouvido absoluto que possui são as únicas heranças boas que ela herdou do pai, Alexander Gontcharov, um famoso musicista clássico que abandonou a garota e a mãe quando Tim ainda era um bebê. Por isso, ao saber que aquele homem estranho e completamente ausente da sua vida agora estava ali se oferecendo para pagar seus estudos na Academia Margareth Vilela, era o sonho em forma de pesadelo para a moça. Mas, infelizmente ela não podia se dá ao luxo de recusar, principalmente por saber que apenas o seu talento não seria suficiente para arcar com os custos do melhor conservatório de música do país.


                Ao chegar à Cidade da Música, Tim percebe logo de cara que o seu mundo é completamente diferente daquele lugar. A imponência dos prédios da escola e a constante “música de elevador” tocando em todos os lugares mostravam a ela que seria preciso ter força de vontade para superar suas inseguranças e provar que o rock que corria em suas veias também merecia ser estudado e aprimorado naquele lugar. Mas, ao ser obrigada a escolher um instrumento clássico para aprender, Tim decide que o piano será o mais prático, só que na verdade as aulas tornam-se seu maior desafio dentro da Academia, já que a professora é uma verdadeira carrasca.


                Como se não bastasse toda essa confusão, Tim conhece o arrogante Kim, o aluno – modelo, a estrela a ser seguida e admirada da Margareth Vilela. O jovem coreano é filho da diretora do conservatório e por esse motivo desde criança viveu rodeado por falsos amigos, que queriam se aproveitar do status do garoto. Assim, Kim desenvolveu uma verdadeira armadura contra qualquer pessoa que tente se aproximar dele e até mesmo seu primeiro contato com a Tim não poderia ter acontecido de maneira mais peculiar.

                É assim que a Tim terá que lidar com o novo mundo com o qual tanto sonhou e agora faz parte. Porém, ela não precisará passar por tudo isso sozinha, já a sua música e todo seu estilo punk rock mudarão não apenas sua vida e a do Kim, mas de toda Cidade da Música.


                “Sonata em Punk Rock” é o primeiro livro solo que a Babi Dewet publica pela Gutenberg. Autora da trilogia “Sábado à noite”, ela foi uma das autoras de “Um ano inesquecível” e desde sua primeira publicação ainda de maneira independente, ela conquistou inúmeros fãs. Babi começou a carreira escrevendo fanfics de suas bandas favoritas e sim, todas as suas histórias tem como uma das protagonistas a música. Fã da cultura coreana, a moça sempre é convidada para apresentar e participar dos eventos que acontecem aqui no Brasil, principalmente se tiver K-Pop no meio.

                Além disso, Babi Dewet faz parte do Drama Fever, um canal do YouTube sobre doramas (são como as novelas brasileiras) e comanda o GD Entretenimento, também no YouTube, mas aqui o papo é sobre livros e K-Pop.

                A história de Tim e Kim é apenas a primeira da série “Cidade da Música” que está prevista para ter os próximos livros lançados até o ano de 2018. Nesse primeiro livro o leitor foi apresentado a um universo novo e que poucas pessoas tema acesso que são os conservatórios de música. A riqueza dos detalhes com que a escola foi descrita nas páginas do livro nos transporta de verdade para esse novo mundo.


                E mesmo sendo um livro de “apresentação” da séria, no qual a gente espera encontrar mais descrições do quê conclusões, a Babi consegui fazer com que o leitor se apaixonasse pelos personagens (menos pelo pai da Tim, por motivos óbvios), ao ponto do livro acabar e a gente se perguntar “tá faltando páginas aqui”, ou então querer saber  mais sobre o que aconteceu depois do fim.

                A autora já avisou a todo mundo que os próximos livros da série, serão de outros personagens, o quê não impede a Tim e nem o Kim de darem o ar da graça nos próximos nos resta esperar...



Obrigada por acompanharem meu trabalho. Não se esqueçam de seguir as redes sociais do blog e o canal do Youtube (Clique aqui para se inscrever). 
Bjoxxx e até a próxima =) 

Share this:

JOIN CONVERSATION

    Blogger Comment

0 comentários :

Postar um comentário