[Resenha] Os Segredos de Colin Bridgerton


 Título original: Romancing Mister Bridgerton
Autora: Julia Quinn
Editora: Arqueiro

      Dois dias antes do seu aniversário de 16 anos, Penelope Featherington conheceu o amor de sua vida, o encantador Colin Bridgerton que mesmo sem nenhuma intenção ou galanteio, arrebatou o coração da jovem senhorita à primeira vista. Quando finalmente estreou em sua primeira temporada da alta sociedade londrina, aos 17 anos a jovem só tinha uma certeza: ainda era perdidamente apaixonada pelo terceiro filho da família Bridgerton. O problema é que as roupas de gosto bastante duvidoso e escolhidas a dedo pela mãe, não deixaram Penelope nenhum pouco atraente aos olhos dos rapazes solteiros.


      Os anos foram passando e a jovem Featherington foi ficando cada vez mais despercebida pela alta sociedade. Muitos dos rapazes e moças que tinham a mesma idade que Penelope já estavam se casando ou pelo menos, assumindo noivados publicamente. Até mesmo as duas irmãs mais velhos da jovem, Prudence e Philippa haviam se casado e agora, depois de tantos anos, com 12 quilos a menos e 28 anos, Penelope já era considerada uma solteirona que frequentava as temporadas londrinas com o objetivo de acompanhar a irmã mais nova, Felicity.  
      Nesse tempo em que frequentou os bailes da alta sociedade, enquanto sua mãe tentava lhe arranjar um marido sem sucesso, as únicas pessoas que acolheram Penelope foram os membros da família Bridgerton, que faziam questão de chamar a jovem para valsar e mantinham boas conversas com ela, dentro e fora dos salões de baile.
      Desde o dia que conheceu Penelope, Colin nunca a viu como uma jovem com quem pudesse se casar. Para ele, a moça nunca passaria de uma boa amiga para a irmã e de uma jovem que ele chamava para dançar, nos poucos bailes que frequentava na época das temporadas em Londres. Na verdade, o que Colin mais gostava de fazer era viajar e conhecer lugares exóticos ou até mesmo países considerados “pagãos” pelos membros da sociedade londrina. 


      Assim, ele nunca passava muito tempo na capital inglesa e sempre deixava toda a família bastante apreensiva com as poucas cartas que mandava com notícias para casa. Agora, aos 33 anos e após mais um longo período de viagens, Colin é considerado o partido da temporada pelas mães de desejam casar suas filhas.
      Para surpresa de Colin, Penelope Featherington se transformou em uma bela e atraente jovem, que apesar de ainda se ignorada pela maioria dos membros da sociedade, é dona de um senso de humor afiado, apenas comparado ao de Lady Danbury. Impressionado com as mudanças que aconteceram com a jovem e principalmente, incomodado com o desprezo que ela recebe até mesmo da própria família, Colin dedica cada vez mais tempo a Penelope e sua companhia.


      Porém, o que ele não esperava é que a jovem descobriria seu mais precioso segredo: um dos diários de viagem de Colin, onde ele narra detalhadamente todos os lugares e experiências que viveu em suas aventuras pelo mundo. Transtornado, ele até tenta se afastar da jovem, porém alguma coisa o impede de passar mais do que poucos dias longe da companhia dela. Assim, algo inesperado acontece: Colin e Penelope trocam o primeiro beijo e finalmente ele começa a perceber que aquela divertida companhia dos bailes da temporada, na verdade é bem mais do que ele poderia querer como esposa.
      Como sempre Lady Whistledown dita às regras da sociedade londrina e após 11 anos de publicação de suas crônicas da sociedade, ela ainda não teve a identidade revelada. Porém, ela resolveu que este seria seu último ano relatando os eventos sociais, escândalos e casamentos da sociedade. Enxergando aí uma ótima possibilidade de desmascarar a fofoqueira, Lady Danbury  lança um desafio que pagará mil libras para quem conseguir descobrir a verdadeira identidade da colunista.


      No quarto livro da série, Julia Quinn conseguiu mais uma vez nos transportar para a Londres vitoriana, onde os casais eram formados nos bailes da temporada. A riqueza de detalhes característica dos livros da autora nos leva a outro universo e nos inclui facilmente nos costumes da época. Os segredos revelados ao longo da narrativa deixaram até os leitores mais desconfiados surpresos e impressionados. O grande mistério dos quatro primeiros livros da série finalmente é revelado e foi um verdadeiro brinde para celebrar a primeira fase da série. Alguém se arrisca a dizer a verdadeira identidade de Lady Whistledown?
       Obrigada por acompanharem meu trabalho. Não se esqueçam de seguir as redes sociais do blog e o canal do Youtube (Clique aqui para se inscrever). Bjoxxx e até a próxima =) 

Share this:

JOIN CONVERSATION

    Blogger Comment

0 comentários :

Postar um comentário