A Cabana


A capa representa um dos trechos fundamentais do livro
 Ficha técnica*:

Título: A Cabana (The Shack)
Subtítulo:   
Autor(a): William P. Young
Editora: Sextante (Ficção)
Edição: Não tem informação
Ano de publicação: 2008
Quantidade de páginas:238
Quantidade de capítulos: Prefácio+ 18+ Posfácio+ Agradecimentos

Resenha:

   Uma das maiores experiências literárias que eu já tive. Sim, agora finalmente posso dizer que li A Cabana e que me emocionei bastante com a história de Mack e sua família. Tenho que admitir que quando comprei esse livros (há uns dois anos) e fui ler pela primeira vez, não me sentir atraída pela história. Hoje, posso dizer que, aquele não era o momento certo para conhecer a história desse livro.

A imagem da capa tem continuidade até à contra-capa
   Bem... Mack sempre teve uma relação um pouco "morna" com Deus, principalmente por causa dos castigos que o pai alcoólatra lhe dava, enquanto recitava versículos da bíblia. Na primeira oportunidade que ele tem, foge de casa e começa a trabalhar e a mandar dinheiro escondido para a mãe a as irmãs.
   Mack cresce e casa-se com Nan, uma mulher de grande fé e que se referia à Deus chamando-o de  Papai. Juntos eles têm cinco filhos (três meninos e duas meninas). Um  dia, o protagonista resolve aproveitar o último final de semana que seus filhos estão de férias, para levá-los para acampar. Os três mais novos (Josh, Kate e Missy) vão aproveitar o restinho das férias com o pai, já que o filho mais velho (Jon) está casado e Tyler ( o segundo filho) está fazendo mestrado. 

A segunda capa é bem simples
   Depois de muitas aventuras, novas amizades e um mundo de descobertas, as crianças resolvem aproveitar o último dia de acampamento de maneiras diferentes. Josh e Kate vão passear de barco, enquanto Missy aproveita para terminar seu livro de colorir. Mack aproveita o tempo para guarda os pertences que trouxe na viagem e arrumar tudo no carro. Porém, em menos de dez minutos a vida de todos eles muda de uma maneira que jamais poderiam imaginar. 
   Apesar de ter uma forte influência religiosa em toda a história, recomendo que todas as pessoas (católicas, espiritas, evangélicas, praticantes de outras religiões e seitas, ateus e agnáticos) deveriam ter a experiência de ler esse livro. Ele é muito bom e a história é super comovente. 

O trecho da história que passa quase que despercebido, mas é fundamental para que tudo aconteça 
   A diagramação do livro é ótima , margem/espaçamento/fonte contribuem para a fluência da leitura e para o entendimento do enredo. O livro não traz foto do autor, mas pelo que vi na internet pude perceber que a religião, é um tema recorrente de seus livros. 
   É isso pessoal. Espero que tenham gostado, aguardo os comentários. Bjoxxx e até a próxima. 


*Todas as fotos usadas nesse post são de minha autoria.

Share this:

JOIN CONVERSATION

2 comentários :

  1. A cabana é um livro extraordinário. Um ótimo livro que é semelhante a esse, é O Refúgio Esquecido, aborda relacionamento com Deus, perdão, caridade, amor e fraternidade. Existe alguns trechos desse, esse blog:
    http://felipetogni.blogspot.com.br/p/trecho.html

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada pelo comentário Felipe. Ainda não conheço o livro que você sugeriu, mas assim que conseguir um exemplar farei uma resenha sobre ele. E sim darei uma olhada no seu blog. Bjoxxx

      Excluir