A casa da orquídeas

   Olá pessoal. Primeiro quero me desculpar por ter demorado tanto tempo pra postar uma nova resenha... acreditem fiquei quase sem tempo, mas aqui está uma resenha fresquinha para vocês.

Pensei em tirar essa foto com uma orquídea, mas como não encontrei essa flores estão valendo
   O livro escolhido foi A Casa das Orquídeas, da editora Novo Conceito. Vocês devem ter percebido que faço muitas resenhas dos livros dessa editora, mas acreditem não é intencional, nem muito menos propaganda. 
   Bem chega de papo e vamos ao que interessa. A Casa das Orquídeas conta a história da pianista Júlia Forrester, que cresceu em meio as estufas de Wharton Park, onde flores exóticas (orquídeas) eram cultivadas por seu avô Bill, o jardineiro da casa. 
   Aos 11 anos Júlia perde sua mãe, que morre por causa de uma grave doença, a partir daí ela passa a desenvolver seu talento para o piano. Apesar da sua irmã tentar encontrar  espaço em sua vida após a morte da mãe, Júlia se fecha cada vez mais em seu mundo da música clássica.
Usei esta luminária que tenho para tentar da um ar mais europeu a imagem
   O tempo passa, Júlia cresce e vai morar na França, onde uma tragédia familiar abala sua vida.  De volta a Inglaterra, ela passa por um período de depressão e após alguns meses reencontra um velho amigo de infância, Kit Crawford, o novo Lorde da mansão. 
   Wharton Park está com sérios problemas estruturais e financeiros, por isso Kit resolve vender alguns objetos da casa e a própria propriedade. Daí a paixão pelo local ressurge e a vida de Júlia vira de ponta cabeça.

Foto preto e branca para remeter aos trechos clássicos da história
   Ela descobre que sua irmã Alícia é adotada e que sua falecida mãe Jasmine, é filha de Harry Crawford, o herdeiro direto da propriedade. Além disso, ela descobre que sua mãe também é adotada e filha de uma tailandesa. Assim Júlia parte em busca de suas raízes. 
   Outro fato que não posso deixar de comentar é que, quando a protagonista finalmente decide que é hora de voltar para a França e superar as lembranças da sua tragédia (o marido e o filho teriam morrido em um acidente de carro), ela descobre que seu falecido marido esta vivo  e foi o causador da morte do pequeno Gabriel.
Foto da autora no final do livro
   A história é super emocionante e envolvente. Adorei o enredo. A autora Lucinda Riley é irlandesa e divide seu tempo entre os Estados Unidos e a França. A Casa das Orquídeas é um best-seller com mais de 1 milhão de cópias vendidas.  

*Todas as fotos usadas nesta postagem são de minha autoria

Share this:

JOIN CONVERSATION

    Blogger Comment

0 comentários :

Postar um comentário